segunda-feira, 19 de abril de 2010

Tô na esquina


Estou aqui
e vim pra ficar
sou filho da guerra
sujeito de toda paz
não saio daqui nunca mais
paro em toda esquina
tento te localizar
por não lembrar em qual delas
marquei de te encontrar

Um comentário:

Thannyth disse...

Cá estou, para agradecer a visita e apreciar tão belos textos. Escolhi este poema porque foi o que mais me tocou. Está lindo *-* Um belo contraste de palavras... Muito bom *-*